Ângulo Produções

Ângulo Produções
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Proibição do comércio de vendedores ambulantes gera protesto no centro de BH

Léo Rodrigues
Camelôs de Belo Horizonte fizeram um protesto hoje (3) contra medidas anunciadas pela prefeitura da capital mineira para coibir o comércio por parte de vendedores ambulantes. Gritando palavras de ordem contra o prefeito Alexandre Kalil, os manifestantes interditaram o trânsito na Praça Sete, no centro da cidade, onde se cruzam as avenidas Afonso Pena e Amazonas. A Polícia Militar fez uso de bombas de gás lacrimogênio para dispersar o protesto.

Durante a confusão que começou pela manhã, lojistas chegaram a fechar as portas e houve correria de quem passava pelo local.  Até o fim da tarde, ainda havia camelôs na Praça Sete conversando com a população. Diversos estabelecimentos abertos mantinham, por precaução, as portas parcialmente fechadas e um funcionário na entrada observando a movimentação.

Segundo vendedores ambulantes, houve feridos com tiros de bala de borracha disparados pela Polícia Militar. “Usaram a força para reprimir quem não tem força. Foi uma covardia”, disse o camelô Luciano de Oliveira, que vende acessórios para celulares, óculos e brinquedos. Por sua vez, a corporação diz que um grupo minoritário entre os manifestantes arremessou pedras contra policiais e danificou uma viatura, sendo necessária a intervenção com jatos de água, bombas de gás lacrimogêneo e tiros de bala de borracha.

“Vias importantes foram fechadas pela manhã e, através do diálogo, nós negociamos a retirada dos manifestantes e liberação das pistas. Infelizmente, um grupo estava mais exaltado, mas foi uma ação rápida. A PM é parceira de qualquer manifestação, desde que ocorra dentro da ordem, o que estava ocorrendo até que alguns se exaltaram”, disse o major Flávio Santigo, chefe da sala de imprensa da Polícia Militar. De acordo com ele, não houve detidos, mas vídeos ainda serão analisados para identificar eventuais crimes.

Operação
O protesto ocorreu após a prefeitura de Belo Horizonte dar início hoje (3) a uma operação de fiscalização para coibir a venda de ambulantes nas ruas do centro da cidade. O trabalho consiste em orientar camelôs com estrutura montada que este tipo de trabalho infringe o Código de Posturas do município. Caso insistam em continuar com as atividades, os produtos à venda são apreendidos e a infração pode gerar uma multa de aproximadamente R$1,9 mil.

“A operação está sendo realizada por uma equipe composta por cerca de 400 pessoas, entre fiscais, agentes de campo, Guarda Municipal e Polícia Militar”, informou em nota a prefeitura. Paralelamente, o Poder Público vem propondo alternativas aos vendedores ambulantes. Uma delas é ocupar estandes nos shoppings populares que existem no centro da cidade. Para tanto, um projeto de lei deverá ser enviado à Câmara Municipal nos próximos dias com o objetivo de garantir um subsídio temporário para que os ambulantes consigam se instalar e se adaptar a estes locais.

Entre os dias 26 e 28 de junho, cerca de 1,5 mil camelôs cadastrados e não cadastrados foram atendidos em uma estrutura onde a prefeitura apresentou esta e outras opções. Entre as demais medidas asseguradas, estão a inserção no mercado de trabalho formal através das oportunidades disponíveis no Sistema Nacional de Emprego (Sine BH) e a oferta de 669 vagas gratuitas em cursos de qualificação nas áreas de administração, contabilidade, artesanato, culinária e informática, entre outras. Também serão ofertadas vagas em feiras semanais de plantas, antiguidades, livros, artesanato, comidas, entre outros.

Impasse
O Código de Posturas foi aprovado em 2003 por meio da Lei Municipal 8616 e sancionado pelo então prefeito Fernando Pimentel (PT), atual governador de Minas Gerais. O Artigo 118 proíbe a atividades de camelôs em logradouros públicos.

Luciano de Oliveira é camelô há cerca de 30 anos e considera que a saída apresentada pela gestão de Alexandre Kalil é a mesma que foi proposta em 2003 por Pimentel.  “Nós fomos para os shoppings populares, mas lá acabamos explorados por empresários e perdemos nossas economias. Precisei investir em um estande e não tive retorno. O aluguel é caro. Além disso, o shopping não tinha piso, não tinha porta, fizemos investimentos do nosso bolso. E o ponto precisava de movimento. Não tinha mais condições financeiras de ficar lá. Por isso, voltei para a rua e agora querem me mandar de volta”.

Outra dificuldade relatada por Oliveira é a concorrência dos chineses que atuam nos shoppings populares. Eles teriam forte poder econômico e acesso a mercadorias com preços melhores, o que dificulta a competição.

Contraproposta
Camelô há mais de 20 anos, Robson da Silva Braga trabalha atualmente com bolsas e acessórios para celulares e está se movimentando para apresentar uma contraproposta. Ele defende a organização de uma feira livre na Praça da Rodoviária, onde os camelôs seriam devidamente cadastrados. Colhendo assinaturas, ele tem atualmente mais de 400 apoiadores.

Para Braga, Belo Horizonte carece de um espaço como o Saara, no Rio de Janeiro, e a Rua 25 de Março, em São Paulo. “Nós não queremos atrapalhar os lojistas e nem a população. Só queremos um local adequado de trabalho, mas queremos uma decisão racional e que seja definitiva. Nós precisamos conseguir o pão de cada dia. Uma feira administrada pelos próprios ambulantes funcionando diariamente, com eventos para atrair consumidores, proporciona isso”, diz.

Braga também rechaça a proposta da prefeitura. “Vendedores ambulantes existem desde a Idade Média. Camelôs trabalham na rua e não em shoppings. Nos shoppings nós somos explorados por empresários. Eles ganham às nossas custas e depois querem cobrar aluguéis altíssimos e nos jogam de novo nas ruas”, diz.

Fonte: AB / Foto: Léo Rodrigues

domingo, 2 de julho de 2017

“Como Vencer o Medo” com Pr. Flauzilino Araújo dos Santos

Trump se encontrará com Putin durante a cúpula do G20 nesta semana

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, vai se encontrar com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, na próxima semana na cúpula do G20 em Hamburgo, na Alemanha, disse a Casa Branca nesta quinta-feira (29).  O encontro será realizado entre 7 e 8 de julho.

O conselheiro de segurança nacional dos EUA, HR McMaster, fez o anúncio em um briefing da Casa Branca, acrescentando que "não há uma agenda específica. Será realmente o que o presidente quiser falar."

O primeiro encontro entre os dois líderes virá em meio a tensões entre os EUA e a Rússia, pois os dois países detêm diferenças sobre uma série de questões, incluindo o conflito na Síria, a crise ucraniana e a expansão da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

Em abril, Trump disse que os EUA "não estavam se dando bem com a Rússia" e as relações entre os dois países "poderiam ser as piores da história.”

Reunindo-se com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, em Washington, em meados de maio, Trump expressou seu desejo de construir uma melhor relação entre os dois países.

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, disse que os EUA estão trabalhando para estabilizar seu relacionamento com a Rússia, que está "em uma baixa histórica.”

Fonte: AB

Samoa é o primeiro país do mundo a se declarar “cristão”

Parlamento mudou Constituição e poderá proibir o islamismo

Com 75% da população se declarando evangélica e 23% católica, Samoa é um Estado soberano da Polinésia na Oceania, formado por várias ilhas, sendo as principais Savai’i e Upolu. Ela foi parte da Nova Zelândia até 1962.

Temendo uma invasão do Islã, o primeiro-ministro Tuilaepa Malielegaoi explicou que o governo está preocupado com as “guerras religiosas” que ocorrem atualmente em um nível global, resultando em guerras civis dentro das nações.

Por isso, o Parlamento da Samoa aprovou recentemente uma lei que altera a Constituição. O país passou a ser oficialmente um Estado cristão. Entre os 49 representantes do Parlamento, 43 votaram a favor da proposta.

Samoa já tinha uma referência ao cristianismo na Constituição, afirmando que a ação do governo deveria estar “dentro dos limites prescritos pelos mandamentos de Deus” e também que sua sociedade é “baseada em princípios cristãos”.

Antes, o primeiro artigo da sua Constituição declarava que “Samoa é fundada em Deus”, mas essa expressão poderia ser aplicada a todos os grupos religiosos. Termos similares são usados pela Indonésia, de maioria muçulmana.

Na versão atual, o artigo 1 do texto constitucional estabelece: “Samoa é uma nação cristã, fundada em Deus Pai, Filho e Espírito Santo”, mostrando um entendimento especificamente cristão de Deus, sem margem para interpretação de outros grupos religiosos, governo ou judiciário.

Curiosamente, nem a Lei Fundamental do Estado da Cidade do Vaticano, considerada a Constituição do Vaticano declara a cidade-Estado uma nação cristã.

Islã proibido
O Secretário Geral do Conselho de Igrejas de Samoa, pastor Ma’auga Motu, está usando esse argumento para pedir que o Islã seja proibido. O censo de 2001 indica que existem cerca de 50 muçulmanos no país, representando 0,03% da população. Todos frequentam a única mesquita edificada nas ilhas.

Outro aspecto que chama atenção é que, com essa alteração constitucional, os líderes samoanos querem evitar que pressões externas introduzam mudanças significativas na sociedade local.

Uma das questões levantadas durante os debates no Parlamento era o reconhecimento de casamentos entre pessoas do mesmo sexo, algo que agora ficou impossível de ser aprovado. Com informações Christian Post e The Diplomat

Em São Paulo, espetáculo traz relatos de sobreviventes da tragédia de Mariana

Daniel Mello

O maior desastre ambiental ocorrido Brasil, o rompimento da Barragem de Fundão, no estado de Minas Gerais, inspira o espetáculo Hotel Mariana. A peça, feita a partir de depoimentos dos sobreviventes da tragédia, será encenada nos dias 4 e 5 de julho no Itau cultural, na Avenida Paulista, região central da capital.

No palco, os atores escutam, com fones de ouvido, relatos de pessoas que passaram pelo acidente que destruiu comunidades inteiras com a liberação de milhões de toneladas de rejeitos de mineração, além de devastar a vegetação nativa e causar danos à Bacia do Rio Doce. As histórias vão sendo reproduzidas para o público, mostrando a diversidade das pessoas que foram impactadas pelo episódio ocorrido em novembro de 2015.

O rompimento da barragem pertencente a mineradora Samarco provocou a morte de 19 pessoas. Na ocasião, os desalojados do distrito de Bento Rodrigues, o mais atingido pela avalanche de resíduos, se hospedaram em hoteis na região central de Mariana (MG).

Situação atual
No início de junho, o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) firmaram um acordo com a Samarco e suas controladoras, Vale e BHP Billinton, para contratação de uma assessoria técnica para os moradores do município mineiro de Barra Longa, também atingido pelo desastre. Essa assessoria deverá contribuir para que a população afetada do município pelo desastre ambiental tenha participação efetiva no processo de reparação de seus direitos.

Em Barra Longa, o distrito de Gesteira foi parcialmente destruído e deverá ser reconstruído com recursos da Samarco. Na área urbana, a lama de rejeitos também causou estragos. Em outubro do ano passado, a mineradora reinaugurou a Praça Manoel Lino Mol, que foi reconstruída como parte do processo de recuperação dos danos.

A contratação de uma assessoria técnica independente, escolhida pela própria comunidade, era prevista em um acordo preliminar firmado em janeiro deste ano entre o MPF e a Samarco. O modelo já havia beneficiado as famílias impactadas em Mariana. Lá a comissão de atingidos, formada majoritariamente por pessoas que moravam nos distritos destruídos Bento Rodrigues e Paracatu, escolheu a Cáritas. A entidade oferece aos impactados consultoria de profissionais de áreas como arquitetura, direito e, agronomia.

Fonte: AB

sábado, 1 de julho de 2017

Protesto contra tortura pede criação de centro de memória no Rio

Vinicius Lisboa
Manifestantes pelos direitos humanos fizeram hoje (1º) um protesto para pedir que o antigo prédio do Departamento de Ordem Política e Social (Dops), na região central do Rio de Janeiro, abrigue um centro de memória da resistência durante a ditadura militar. Inaugurado no início do século 20, o prédio é da Polícia Civil e, durante a ditadura, foi cenário de violações aos direitos de presos políticos.

O ato se concentrou a dois quarteirões do prédio e caminhou em sua direção durante a tarde. Os manifestantes levavam cartazes que lembravam a repressão do regime militar e denunciavam a persistência de práticas que contrariam os direitos humanos, como a tortura. A psicóloga Vera Vital Brasil, que chegou a ser presa no prédio em 1969, disse que o trabalho da Comissão Nacional da Verdade permitiu abrir a pauta da memória a grupos que vão além dos torturados e dos familiares de mortos e desaparecidos.

"Essa luta é uma luta conjunta, que precisa ser apropriada por todos que estiveram nas prisões do passado, como eu estive, como também os jovens que hoje vivem a barbárie, o genocídio da população pobre e negra. Se a gente não conhecer a nossa história, não vai dar um passo à frente para construir o nosso país", disse a militante, que hoje tem 70 anos e é integrante do coletivo RJ Memória, Verdade e Justiça.

Ao fim da caminhada, os manifestantes se concentraram na frente do prédio, e representantes dos coletivos destacaram a violência sofrida no passado e no presente por grupos como mulheres, moradores de favela e religiosos de matriz africana, traçando paralelos com a repressão política da ditadura. Foram lidos trechos do depoimento de Inês Etienne Romeu, militante que foi torturada na década de 70 na Casa da Morte, de Petrópolis. No centro de tortura, ela recebeu choques elétricos nos membros, na cabeça e nos seios, foi estuprada e espancada repetidas vezes.

Inês foi a única pessoa que sobreviveu à tortura no local e depôs em 1979 à Ordem dos Advogados do Brasil sobre os crimes de que foi vítima. Antes de morrer, em 2015, ela também pôde contar sua história à Comissão Nacional da Verdade.

Fonte: AB

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin confirma presença no 5º Salão Internacional Gospel

O Governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin, em reunião na última semana com as principais lideranças evangélicas do estado, confirmou presença na feira que representa o setor, reiterando o apoio ao 5º Salão Internacional Gospel, que acontece de 13 a 16 de Setembro, no São Paulo Expo (Metrô Jabaquara).

A feira faz parte do calendário oficial do Estado de São Paulo pela lei 15.811 de 22/04/2015, de autoria do Deputado Fernando Capez e sancionada por Alckmin.

No encontro, Marcelo Rebello, idealizador do Salão Internacional Gospel e Presidente da ABREPE (Associação Brasileira de Empresas e Profissionais Evangélicos), pode falar sobre a edição de 2017 do evento e convidar a todos para participar da feira!



segunda-feira, 12 de junho de 2017

Grupo Técnico do Plano Diretor realiza reunião extraordinária para debater Mobilidade Urbana

Carla Fiamini

Encontro teve como objetivo dar continuidade às conversas que tiveram início em 2 de junho (sexta-feira); na oportunidade, foram apresentados conceitos e projetos que vão nortear a elaboração do documento, que terá vigência 2018-2027

O Grupo Técnico de Apoio (GTA) responsável pela elaboração do Plano Diretor 2018-2027 realizou uma reunião extraordinária na manhã de sexta-feira (9 de junho), no Centro Unificado de Serviços (Centrus) – rua Paulo Portela, 210 - centro. O encontro teve como objetivo discutir uma proposta que melhore a mobilidade urbana da cidade pelos próximos dez anos.

O encontro contou com a presença de todos os membros do GTA, que é formado por representantes do poder público e da subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); da Associação de Corretores de Imóveis de Suzano (Acoris); da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Suzano (AEAAS); da Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Suzano; do Sindicato dos Produtores Rurais de Suzano; bem como de emissários sindicais e de associações de moradores.

A coordenação da equipe fica a cargo da arquiteta e urbanista Eliene Coelho, lotada na Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação.

A reunião organizada na semana passada teve como objetivo dar continuidade às conversas que tiveram início na reunião ordinária que o colegiado realizou em 2 de junho (sexta-feira). Na oportunidade, foram apresentados os conceitos e os projetos que vão nortear a elaboração do Plano Diretor do município administrado pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi.

No encontro de sexta, os profissionais envolvidos no processo, bem como os integrantes do GTA se dividiram em três grupos. Com o auxílio de projeções e de mapas, a equipe debateu sobre as principais demandas e propostas para a Mobilidade Urbana de Suzano. As discussões duraram cerca de três horas. Resultaram do debate cerca de 15 propostas, com direito a temas como as novas alças de acesso para o rodoanel Mário Covas, as estradas vicinais que cortam o município, as linhas de transporte público e uma melhor engenharia de tráfego.

As propostas apreciadas pelo GTA foram organizadas e serão compiladas numa espécie de mapa-síntese, para serem alvo de uma nova análise no próximo encontro sobre a elaboração do Plano Diretor, marcada para 7 de julho (sexta-feira), quando será tratada a temática “Macrozoneamento”. Na reunião de sexta, também foi concluída a “Visão de Futuro” – resumo das propostas e iniciativas a serem colocadas em prática em Suzano, dentro dos próximos anos.

Para o secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, a reunião de sexta foi satisfatória:

“No encontro, colhemos boas ideias, que nos ajudarão a impulsionar os trabalhos no que tange à elaboração do Plano Diretor. Estas propostas, a médio e a longo prazos, poderão gerar um saldo positivo, não apenas quanto à Mobilidade Urbana, mas, também, no que reside ao desenvolvimento econômico de Suzano, que vai propiciar, de forma sintomática, um escoamento maior de produtos e a implantação de novos serviços em nossa cidade”, atesta o arquiteto Elvis José Vieira.

Fonte: SCS / Foto: Maurício Sordilli

Partido de Macron vence eleições legislativas na França

O partido do presidente da França, Emmanuel Macron, atingiu 32,32% dos votos ontem (11) no primeiro turno das eleições legislativas, de acordo com os resultados definitivos, o que deve fazer com que ele consiga no domingo (18) próximo uma ampla maioria. As informações são da Agência EFE.

Segundo pesquisas do Instituto Ipsos com base nesses resultados oficiais, o Em Movimento associado com os centristas do MoDem poderia ter de 415 a 455 cadeiras (das 577 que existem na Assembleia Nacional) no segundo turno.

O partido da direita tradicional, Os Republicanos, ficou em segundo lugar em nível nacional (associado com os centristas da UDI), com 21,56% dos votos, que poderiam se traduzir em um grupo de 70 a 110 deputados, menos da metade do que tinha na legislatura que acaba de terminar.

O Partido Socialista (PS), a outra grande formação de governo nos últimos anos, sofreu um abalo ainda maior ao ficar. Teve 9,5% dos apoios, ficando na quinta posição, atrás do ultradireitista Frente Nacional (FN) e da França Insubmissa do líder da extrema esquerda Jean-Luc Mélenchon. Conforme as projeções do Ipsos, o PS terá que se contentar em ter de 20 a 30 cadeiras, ou seja - com os seus aliados - perderá pelo menos 250.

O FN foi escolhido por 13,2% dos eleitores e terminou na terceira posição em termos absolutos, mas devido ao seu isolamento dificilmente poderá contar com um grupo parlamentar próprio, com no máximo cinco deputados.

A França Insubmissa foi votada por 11% dos franceses e as projeções para o próximo domingo indicam que o partido terá de oito a 18 deputados.

A abstenção alcançou ontem um nível recorde na história da 5ª República, fundada em 1958, com 51,29%.

Fonte: AB

Acidente entre duas carretas interdita trecho do Rodoanel, em São Paulo

Um acidente envolvendo duas carretas e um veículo está bloqueando três faixas do Rodoanel Oeste, sentido litoral, próximo a Osasco, na Grande São Paulo. Três pessoas ficaram feridas, sendo que duas delas sofreram fraturas nas pernas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, apesar dos ferimentos, as vítimas estavam conscientes e foram socorridas por viaturas da corporação e da concessionária CCR RodoAnel. Com a colisão, que ocorreu por volta das 6h de hoje (12), na altura do quilômetro 15, os veículos chegaram a pegar fogo. O incêndio foi controlada pelos bombeiros.

Os motoristas que utilizam o Rodoanel nesta manhã encontram trânsito lento do quilômetro 11 ao 20, nas cidades de Barueri, Carapicuíba e Osasco. No sentido contrário, a lentidão se estende do quilômetro 23 ao 20.

Fonte: AB

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Pequenos craques do Corujinha recebem álbum de figurinhas

Carla Fiamini
Os atletas mirins se divertem trocando fotos e completando o álbum, que, depois, fica como uma recordação do torneio de futebol society disputado no Clube de Campo de Mogi

Garotos que disputam a 19ª edição do Torneio Corujinha – Grupo Destaque, competição voltada para atletas entre 8 e 16 anos, tiveram uma surpresa na quarta rodada: eles receberam os álbuns personalizados de figurinhas, que trazem fotos de todos os jogadores dos 12 times participantes. Agora, até o fim do torneio, além da disputa em quadra, a cada partida, eles terão o desafio de montar o álbum.

O Corujinha é um dos torneios mais tradicionais do Clube de Campo e a iniciativa de transformar os pequenos craques em figurinhas valoriza a integração dos atletas. O primeiro álbum foi confeccionado no ano passado. A iniciativa deu tão certo entre a garotada que ganhou a nova edição.

A cada partida, eles recebem novas figurinhas e assim até o fim do torneio. Os atletas se divertem trocando fotos e completando o álbum, que, depois, fica como uma recordação do campeonato de futebol society. Neste fim de semana tem mais uma rodada do Corujinha – Grupo Destaque no Clube de Campo.

Confira abaixo os resultados da quarta rodada:

Categoria 8 a 10 anos:
Learning Fun 3×1 Sardinha C. Visual
Ceoot Ortopedia 1×2 Head Studio/Reart

Categoria 11 a 13 anos:
Grupo Destaque 0x3 Transmaliar
Claudir/Art Screen 4×2 CT Clin

Categoria 14 a 16 anos:
Imot 7×3 MojiContab
Alternativa Paisagismo 3×10 Hune Adv/Reart

Fonte: AI

Cerimônia de posse da nova diretoria do Sindicato dos Bancários é hoje

Gisleine de Rezende Zarbietti
O Sindicato dos Bancários de
Mogi das Cruzes e Região realiza hoje a cerimônia de posse de sua nova diretoria. A solenidade será realizada no Restaurante Mineirin (Av. Lourenço de Souza Franco, 2.291, em Jundiapeba, Mogi das Cruzes), a partir das 19 horas. A Chapa que venceu as eleições da entidade tem como presidente o bancário Clayton Teixeira Pereira.

Eleitos para o mandato 2017/2020, a nova diretoria executiva e o conselho fiscal da entidade receberam 97,9% dos votos válidos e foram empossados oficialmente nesta segunda-feira (5 de junho), durante assembleia.

Curriculo

Clayton Teixeira Pereira é bancário desde 1995, entrando para as fileiras do setor financeiro como escriturário do Banco Bandeirantes, que foi vendido para o Unibanco e posteriormente unificado ao Itaú, hoje Itaú-Unibanco. Entrou para o Sindicato em 2000 e passou pelas funções de diretor de Cultura Esporte e Lazer, permanecendo até 2011, e diretor Financeiro, área que responde atualmente.

É também diretor da Federação dos Trabalhadores das Empresas de Crédito (Fetec-CUT/SP) e desde 2002 faz parte da coordenação da Central Única dos Trabalhadores (CUT) de Mogi. Clayton cursa Gestão Financeira na Universidade Paulista (Unip), é casado e pai de cinco filhos.




domingo, 4 de junho de 2017

Expo São Paulo Cristã de Agenor Duque é denunciada por usar fotos de Salão Internacional Gospel para vender ingresso

Luciana Mazza
 
Não é de hoje que o autointitulado Apóstolo Agenor Duque, da Igreja Plenitude do Trono de Deus, vem chamando atenção da mídia e conquistando desafetos entre os evangélicos mais aculturados por seus cultos cheios de rituais estranhos, chamados por alguns líderes de "macumbeiro pentecostal"     mas, principalmente, por sua vida jurídica bem conturbada e seus pedidos audaciosos de dinheiro na TV, tudo para o programa não sair do ar.

Mas, essa semana, se envolveu em mais um escândalo, juntamente com seu sócio na feira Expo São Paulo Cristã, o empresário Luis Fernando Miguel, da Agência Idea/Viveo e Sra. Adriana Barros, da Rádio “Rede do Bem FM”. Dessa vez, do outro lado estava a tradicional feira que representa o mercado cristão brasileiro, o " 5º Salão Internacional Gospel". A feira, organizada pela ABREPE (Associação de Empresas e Profissionais Evangélicos) e que faz parte do Calendário Oficial do Estado de São Paulo, teve  fotos de sua autoria publicada sem autorização na página oficial do site da feira "Expo São Paulo Cristã", de Agenor Duque, que tenta fazer a primeira edição do evento associando sua marca a extinta "Expo Cristã" que, para quem não lembra, foi despejada do Anhembi por falta de pagamento.

Para conseguir mais expositores, a feira colocou uma foto em que aparecia o público da outra feira, se passando pelo outro evento. Além disso, está marcada para agosto, menos de um mês antes do Salão Gospel, feira que já acontece há 5 anos e que na última edição levou 30.000 pessoas ao evento. A denúncia foi feita através de um vídeo que viralizou na internet, onde a Diretora de Comunicação do Salão Gospel, a jornalista Luciana Mazza relata: “Sempre fizemos o Salão Gospel com muita seriedade sem usar a imagem ou nome de ninguém, temos uma identidade bem definida, mantemos uma grande credibilidade inclusive sendo muito bem falados na imprensa, estamos há 20 anos no mercado evangélico  e aí chegam essas pessoas, pegam as fotos da nossa feira, de nossa propriedade, de autoria do jornalista e fotógrafo Adilson Santos e usam como se fosse do evento deles ignorando as leis de Direitos Autorais e ainda na parte inferior da foto colocam o ícone para compra de ingressos. Ou seja, a pessoa compra o ingresso pensando se tratar da feira da foto que é a nossa!
Acionamos o nosso jurídico e ele já tomou as medidas necessárias para ressarcimento dessa situação absurda. O Salão não enxerga esse evento como concorrente, pois ainda não aconteceu, encontra-se em estágio embrionário e está preso e vinculado a uma única denominação e que não é bem vista por todo o restante do setor” conclui.

A feira de Agenor Duque  tem como poucos expositores gravadoras como Som Livre, Sony Music e Universal Music . No passado, esses mesmos estiveram ligados à Feira Internacional Cristã (FIC), feira feita pela Geo Eventos (empresa da Rede Globo) e pelos empresários Leo Ganem e Rogério Barrios (este último envolvido no escândalo das camisetas super faturadas do Corinthians), que foi um verdadeiro fiasco da empresa, sendo posteriormente divulgado que não seria mais realizada ,tanto a FIC como a Feira de Agenor Duque se passam no cenário do Expo Center Norte do Grupo Baumgart.

Veja o vídeo: https://www.facebook.com/salaogospel/videos/1510925578978131/

Fonte: AI

Espetáculo “Vamos Salvar o Planeta” acontece em Guararema

Peça desperta nas crianças sentimentos de amor, respeito e cuidado pelo mundo

Na próxima semana, dias 5 e 6 de junho, em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, Guararema recebe a apresentação gratuita da peça teatral “Vamos Salvar o Planeta”, no Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Ilha Grande.

Direcionado ao público infantil, o espetáculo retrata, de forma lúdica, questões ligadas à educação e cidadania, criando uma atmosfera leve e divertida para abordar temas relacionados ao meio ambiente, como o respeito e cuidado com animais de estimação e a posse responsável, levando as crianças a refletir de forma consciente.

A peça “Vamos Salvar o Planeta” é um projeto aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo – ProAC, conta com a realização da empresa MARS e Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, e tem apoio e organização da Perfectto Projetos, além da parceria com a Prefeitura de Guararema por intermédio das Secretarias de Cultura, Educação e Meio Ambiente e Planejamento Urbano.

Guararema é a terceira cidade a receber o projeto, que já passou por Mogi Mirim (SP) e Jacareí (SP) e impactou mais de 2 mil crianças de escolas municipais. Em breve, o espetáculo deve percorrer outros municípios do Estado de São Paulo.

As apresentações em Guararema serão realizadas no Núcleo de Educação Ambiental "NEA Sinhô Muniz", com cinco sessões diurnas. A peça é gratuita e não é preciso retirar convites antecipados.


Serviço:
Peça Teatral "Vamos Salvar o Planeta"
Dia 05/06
Sessões às 9h30, 14h e 15h
Dia 06/06
Sessões às 9h30 e 14h    

Fonte: AIPG

Alunas do Colégio Brasilis são eleitas vereadoras estudantis

Júlia Guimarães

As meninas foram classificadas para participar do Parlamento Estudantil 2017, promovido pela Câmara de Mogi das Cruzes

Duas alunas do Colégio Brasilis, Maria Luiza Araújo e Luiza Botelho, foram selecionadas para participar do Parlamento Estudantil 2017. Elas concorreram com centenas de estudantes das redes pública e privada de ensino e seus projetos foram classificados entre o melhores da cidade. O evento é promovido anualmente pela Câmara de Mogi das Cruzes para despertar em crianças e jovens o interesse pela cidadania e proporcionar a eles maior conhecimento sobre as funções do Poder Legislativo.

A aluna Maria Luiza Araújo, classificada como vereadora estudantil na categoria do Ensino Fundamental, apresentou um projeto de lei para criação de grupos de voluntários especializados em auxiliar o trânsito nos horários de pico, em locais próximos às escolas de Mogi das Cruzes. Na justificativa, ela aponta que o voluntariado poderá ser formado por aposentados, pais ou responsáveis dos alunos que darão apoio à entrada e saída das escolas. A ideia é que a legislação reduza os acidentes e, consequentemente, aumente a segurança dos pedestres nos arredores das unidades escolares do município.

Já Luiza Botelho foi selecionada para participar do Parlamento Estudantil na categoria do Ensino Médio. O projeto de lei apresentado por ela prevê a coleta de óleo de origem vegetal periódica em bairros do município por meio de veículos adaptados para tal procedimento. A ideia é que as ações sejam realizadas em parceira com a iniciativa privada. As empresas terão como contrapartida a vinculação de publicidade nos veículos coletores e o bônus resultante da destinação sustentável do material coletado.

A Câmara de Mogi das Cruzes divulgou os nomes dos 46 alunos selecionados para o Parlamento Estudantil 2017 no dia 31 de maio. Todos os participantes elaboraram projetos de lei com propostas de melhorias para o município. No dia 5 de junho, os alunos escolhidos participarão da cerimônia de diplomação no Plenário da Câmara, com a presença de autoridades. Em seguida, os vereadores estudantis conhecerão as dependências do Legislativo.

Nos dias 6 e 7 de junho, os alunos poderão acompanhar as sessões ordinárias, realizadas a partir das 15 horas. Já no dia 8, os trabalhos terão início com a posse oficial e eleição das mesas diretivas. Em seguida, serão realizadas as duas sessões ordinárias, uma por cada categoria, com a discussão e votação dos projetos de lei de todos os vereadores estudantis. Cada estudante terá direito de explicar e justificar seu projeto, que será avaliado e votado pelos demais.

Fonte; AI

Diretor-presidente da G2 Construtora recebe moção de aplausos da Câmara de Suzano

A propositura é de iniciativa do vereador Lisandro Frederico (PSD) e vem em homenagem aos oito anos de fundação da construtora liderada pelo engenheiro Douglas Felipe da Silva, comemorados no último dia 25 de maio

A Câmara de Suzano votou e aprovou na sessão de quarta feira (31/05), de forma unânime, moção de aplausos ao engenheiro, empresário e diretor da G2 Construtora, Douglas Felipe da Silva. A propositura é de iniciativa do vereador Lisandro Frederico (PSD) e vem em homenagem aos oito anos de fundação da construtora, comemorados no último dia 25 de maio. A empresa desenvolve diversos empreendimentos na região, emprega centenas de trabalhadores e mantém ações sociais.

A moção foi lida em sessão, passou por aprovação da Comissão de Justiça e Redação e, na última quarta, foi aprovada pelos vereadores da Câmara. Agora, o teor será encaminhado à G2, com os votos de aplausos direcionados ao seu diretor e fundador.

Na propositura, o vereador Lisandro Frederico lembra a trajetória do diretor da construtora, o engenheiro Douglas Felipe da Silva, que é de família tradicional de Suzano. “Douglas Felipe da Silva trabalha, muitas vezes, 14 horas por dia. Sua marca registrada é o afinco, que lança mão para ter cautela e para avançar, inclusive em tempos de incerteza política e de crise financeira”, afirmou o parlamentar, na moção de aplausos.

O vereador também relembra que o engenheiro começou a trabalhar com apenas 12 anos de idade, como office-boy, e que é formado em Engenharia Civil, com pós-graduação em Gestão Estratégica de Empresas e Negócios, além de ter cursado MBA em Negócio do Mercado Imobiliário na Universidade de São Paulo (USP).

Em sua propositura, o parlamentar destaca ainda o crescimento da G2 Construtora, que começou em Suzano e hoje avança com empreendimentos em todo o Alto Tietê. A empresa divulgou recentemente que tem planos de expansão, inclusive, para o exterior. Nesses oito anos de atuação, a G2, liderada pelo empresário Douglas Felipe, já entregou 13 empreendimentos residenciais e comerciais na região.

Os projetos sociais encabeçados pela G2 Construtora foram igualmente destacados na moção, como o “Revitaliza”, que recupera prédios e construções degradados, bem como áreas públicas em estado de abandono. O Parque Max Feffer, o Largo da Feira e o Clube Suzaninho foram alguns locais já beneficiados em Suzano. A G2 Run, projeto social que estimula o esporte, também é citado no documento do parlamentar. A empresa ainda se dedica a ações como o “Construindo a Infância”, projeto de cunho educacional.

O diretor da G2 e engenheiro Douglas Felipe da Silva ficou surpreso com a homenagem. “Eu não esperava por isso, nunca fiz nada pensando nisso. Fiquei muito surpreso com a atitude do vereador. A emoção é forte em estar recebendo esta moção. Carinho e reconhecimento são ferramentas muito importantes. Isso é uma prova do que venho plantando, da minha filosofia de vida, de que generosidade traz riqueza, não financeira, mas essa riqueza de relacionamento, de reconhecimento”, afirmou.

Fonte: AI

Vereador Rolgaciano participa de audiência pública sobre convênio entre Prefeitura e Sabesp

Gisele Santos
Todo plano de investimentos no município totaliza R$ 69 milhões de reais. Destes, R$ 49 mi serão destinados para infraestrutura e R$ 20 mi para regularização fundiária

O vereador e presidente do Podemos (PODE), em Itaquaquecetuba, Rolgaciano Fernandes de Almeida, participou na manhã desta sexta-feira (02 de junho), para discussão sobre o projeto de lei complementar que autoriza o Poder Executivo a celebrar convênio de cooperação técnica, contrato e outros ajustes com o Estado de São Paulo, Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo - ARSESP e Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP, na Câmara Municipal.

O encontro foi abrigado no plenário Maurício Alves Braz e contou com participação do prefeito Dr. Mamoru Nakashima, vice-prefeito Mário Lúcio da Silva, o Mário Charutinho, vereadores, secretários municipais e representantes da Sabesp.

Na ocasião foram apresentadas as metas, prioridades e investimentos em termos de obras, serviços e investimentos presentes na minuta do contrato com a Sabesp e no convênio a ser firmado com a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (ARSESP), que será responsável pela fiscalização dos serviços públicos de saneamento básico, regido por contrato.

O convênio terá vigência de 30 anos, podendo ser prorrogável por igual período. Sendo objeto a prestação dos serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário do município de Itaquaquecetuba, com exclusividade, pela SABESP.

Rolgaciano questionou como será realizada a contrapartida pelo município. O secretário de Planejamento, Roberto Kimura, por sua vez, explicou que infraestrutura, saneamento, drenagens, limpeza de córregos, além disso, teremos a etapa de regularização fundiária, 20 milhões reais, que serão feitos nestes primeiros quatro anos.

O vereador também questionou quando as obras terão início. O engenheiro Márcio Gonçalves informou que já existem obras licitadas em torno de 10 milhões de reais e aguarda algumas autorizações de utilidade pública, após a aprovação do convênio.

Segundo dados apresentados por Márcio Gonçalves de Oliveira, Elis Regina Jesus e Dr. Marcos Roberto Pan Oddone, engenheiro, gerente de departamento e representante jurídico da Sabesp, respectivamente, entre as propostas do plano de metas da empresa está a regularização de 41 áreas, ampliando, assim, os índices de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto no município, beneficiando 8.300 famílias. Entre os bairros a serem regularizados estão: Parque Viviane, Veraneio Maracanã, Nova Canaã, Morada Feliz e Morro Branco.

Entre os serviços que constam no contrato estão captação, adução e tratamento de água bruta; adução, reservação e distribuição de água tratada; coleta, transporte, tratamento e disposição final de esgotos sanitários.

Todo plano de investimentos no município totaliza R$ 69 milhões de reais. Destes, R$ 49 mi serão destinados para infraestrutura e R$ 20 mi para regularização fundiária.

“Sobre um canal específico para o atendimento, via ouvidoria, para que a população possa ter acesso direto na hora de cobrar por serviços e reparos, além de reclamações por exemplo”.

Segundo o engenheiro, além dos mecanismos da Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba, a ARSESP, também fiscaliza e recebe as demandas do município e também, da população.


Extraordinária
Em sessão extraordinária os vereadores aprovaram, em primeira votação,  o projeto de lei complementar que autoriza o Poder Executivo a celebrar convênio de cooperação técnica, contrato e outros ajustes com o Estado de São Paulo, Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo - ARSESP e Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP

Fonte: AICMI

Presidente da Câmara, Carlinhos da Minercal agradece ações de combate à violência em Itaquaquecetuba

Gisele Santos
Chefe do Legislativo ao lado do vereador Celso Reis (PSDB), procuraram apoio junto às polícias a fim de amenizar ações criminosas no município, comemoram a intensificação dos trabalhos dos profissionais da segurança

Preocupado com as questões que envolvem a segurança pública no município de Itaquaquecetuba, o presidente do Legislativo itaquaquecetubense, vereador Roberto Carlos Tito do Nascimento (PSDB), o Carlinhos da Minercal, agradeceu o trabalho desenvolvido em conjunto entre a Guarda Civil Municipal (GCM) e as Polícias Civil e Militar, recentemente, com a realização da “Operação Itaquá Segura”. O presidente ao lado do vereador Celso Reis (PSDB), procuraram apoio junto às polícias a fim de amenizar ações criminosas no município, comemoram a intensificação dos trabalhos dos profissionais da segurança.

As ações em combate à violência envolvem, sobretudo, patrulhamento ostensivo e blitize e, foram realizadas em diversas regiões do município, inclusive, nos bairros Jardim Josely, Jardim Dilly, Parque Nossa Senhora das Graças, Jardim Lucinda e, entre outros, Jardim Amazonas.

“Agradecemos, imensamente, o empenho de toda a corporação da GCM, bem como das polícias civil e militar, na pessoa do Capitão Anderson Caldeira, do 1º DP do Caiuby, ao Major Marcos Paulo do 35º Batalhão de Polícia Militar, ao Delegado Dr. Eliardo Amoroso Jordão, que trabalharam com afinco e dedicação sempre visando proporcionar segurança aos nossos munícipes, bem como a GCM na pessoa do secretário de Segurança Urbana, Alexandre Siqueira”, ressaltou o presidente.

Carlinhos da Minercal evidenciou a importância sobre o registro do Boletim de Ocorrência (B.O.).

“É de extrema importância que os moradores que forem vítimas de assaltos ou qualquer ação tipo de ato violento, que registre o B.O. na delegacia mais próxima ou via internet, dessa forma, estarão contribuindo para que esses dados constem nas estatísticas policiais, facilitando, assim, a tomada de medidas emergenciais”, disse o vereador.

Durante a "Operação Itaquá Segura", realizada nesta semana, em Itaquaquecetuba, a Polícia Civil, com a colaboração da Guarda Civil Municipal (GCM), e a Polícia Militar, abordou mais 30 pessoas na cidade. As abordagens foram feitas, em sua maioria, aos condutores que viajavam em motocicletas. Quem esteve à frente da operação foi o delegado titular do 1º Distrito Policial do Caiuby, Eliardo Amoroso Jordão.

O Delegado salientou que a operação foi montada para coibir diversos crimes na cidade, mas com destaque especial para os roubos e furtos.

“Neste caso, a abordagem às motocicletas, que são os veículos mais usados nesses tipos de crimes foi mais intensa. Uma pessoa foi detida por furto de celular e outras duas foram levadas à delegacia central da cidade por falta de habilitação, entre elas um menor de idade”, destacou o delegado, com um balanço da ação.

Seccional
A Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes tem realizado frequentes operações em Itaquaquecetuba para evitar e diminuir a ação de marginais

Além do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) e da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), o delegado seccional Marcos Batalha reúne policiais de todo o Alto Tietê e concentra as operações não só em Itaquaquecetuba, mas também em Ferraz de Vasconcelos, o que tem contribuído para a diminuição significativa de roubos, por exemplo.

Segundo a Delegacia Seccional, as operações têm sido realizadas quase que diariamente e têm garantido a tranquilidade da população.

Ainda por determinação da Seccional, todos os distritos policiais da região devem intensificar as abordagens em motocicletas, fiscalizando não somente os veículos, mas os seus condutores.

Essa medida passou a ser adotada após um levantamento apontar que 30% dos roubos são cometidos por pessoas usando motos. Só a Polícia Civil tem feito abordagens de, aproximadamente, 150 motocicletas por dia.

Fonte: AICMI

Grupo Técnico de Apoio do Plano Diretor debate “A Visão de Futuro” para Suzano

Carla Fiamini

Colegiado é formado por representantes do governo municipal e da sociedade civil organizada; debate girou em torno dos eixos de desenvolvimento e dos conceitos a serem aplicados na elaboração do documento, que deverá ser apreciado pela Câmara de Vereadores em agosto

O Grupo Técnico de Apoio (GTA) do Plano Diretor de Suzano (2018-2027) realizou na manhã desta sexta-feira (2 de junho) a segunda reunião de trabalho acerca da elaboração do documento. O encontro foi abrigado na Secretaria Municipal de Planejamento, no Centro Unificado de Serviços (rua Paulo Portela, 210 – centro). O colegiado, formado por representantes da sociedade civil organizada e do Poder Executivo suzanense, debateu, na oportunidade, o tema “Visão de Futuro”.

No encontro, foram discutidas as possibilidades de crescimento de Suzano, a partir o Plano Diretor, bem como sobre suas limitações e potencialidades. O objetivo da reunião também foi debater acerca das diretrizes de desenvolvimento do município, por meio de quatro eixos: “Trabalhar e Consumir”, com foco na geração de emprego e no acesso ao consumo; “Morar e Desfrutar”, voltado à qualidade de vida; “Preservar e Produzir”, destinado à questão ambiental e à agricultura; e “Integrar e Equilibrar”.

Os membros do GTA também compartilharam o calendário de encontros do Plano Diretor. As reuniões acontecerão até o início de outubro e vão tratar de temas diversos, como a proposta geral do macrozoneamento, zonas especiais, minuta do projeto de lei do Plano Diretor e o fechamento da proposta, que será encaminhada ao Legislativo para votação até agosto, segundo previsão do governo do prefeito Rodrigo Ashiuchi.

O grupo ainda debateu alguns dos projetos estratégicos destacados para as regiões norte, central e sul de Suzano, como o parque do Mirante do Tietê, o Parque Municipal “Max Feffer” e a requalificação do Baruel e de parte do distrito de Palmeiras.

O secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, o arquiteto Elvis José Vieira, afirmou que o trabalho do Plano Diretor também conta com a colaboração da Secretaria Municipal de Governo, no apoio logístico para as reuniões do Plano Plurianual Participativo (PPA) 2017/2021. As reuniões deliberativas do PPA, que terão início em 10 de junho (sábado), vão ocorrer em conjunto com as do Plano Diretor.

“O Plano Diretor deve ser levado em consideração no planejamento de todas as cidades, por determinação da Constituição Federal e do Estatuto das Cidades. O trabalho realizado em conjunto entre os representantes da sociedade civil organizada e do poder público demonstra nosso compromisso (governo) em fazer deste plano o mais fiel aos anseios da sociedade. Vale ainda frisar que, em Suzano, temos a rara oportunidade de construir o Plano Diretor concomitantemente com o PPA, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA)”, observou Vieira.

A próxima reunião do GTA está marcada para acontecer em 7 de julho (sexta-feira). O horário e local ainda serão confirmados.

Fonte: SCS 

Prefeito de Suzano participa de formatura do Proerd; 250 alunos da rede pública recebem certificados

Carla Fiamini
Curso ministrado pela Polícia Militar (PM) em parceria com a Secretaria Municipal de Educação teve como objetivo reforçar a auto-estima de crianças e de jovens quanto à prevenção ao uso de drogas; autoridades elogiaram trabalho realizado no município

O prefeito de Suzano-SP, Rodrigo Ashiuchi, participou na noite de ontem (2 de junho) da formatura de 250 alunos da Escola Municipal (E.M.) “Professor Antonio Marques Figueira” que concluíram o curso do Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência (Proerd). A capacitação foi ministrada pela Polícia Militar (PM) em parceria com o Poder Executivo, por meio da Secretaria Municipal de Educação. A cerimônia foi abrigada no Salão Social do Suzano Futebol Clube, o Suzaninho, localizado na rua Nove de Julho, na região central da cidade.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade e dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), a primeira-dama Larissa Ashiuchi, o secretário de Educação de Suzano, Nazih Youssef Franciss, e a vereadora Gerice Rego Lione também prestigiaram a solenidade, que teve início às 19 horas. O 32º Batalhão da Polícia Militar (BPM), sediado em Suzano, foi representado na ocasião pelo major Brandão. Amigos e familiares dos jovens que concluíram o curso marcaram igualmente presença na formatura do projeto educacional/social.

A turma que foi outorgada com os certificados na noite de ontem é a primeira formada no Proerd em Suzano em 2017. Outras duas cerimônias estão programadas para acontecer ainda neste mês, a fim de contemplar os estudantes das E.Ms. “Isaías Martinelli Gama” e “Ângela Martins de Oliveira”. No total, 350 educandos da cidade, entre crianças e jovens, vão receber seus diplomas no primeiro semestre deste ano.

Durante seus pronunciamentos, as autoridades presentes elogiaram o comprometimento do público infatil e de adolescentes na busca de valores que façam da vida mais saudável e produtiva:

“A formatura de vocês (alunos) representa mais uma etapa de nosso governo na luta em prol da qualidade de vida, de mais oportunidades, de esclarecimentos, de acolhimento. Formamos, hoje, uma geração pronta para encarar o futuro com confiança, já que, agora, graças ao Proerd, vocês têm conhecimento suficiente para ficar longe das drogas e da violência. A PM está de parabéns por manter este projeto, que tem tudo para crescer ainda mais em Suzano. Que a PM não tenha dúvidas de que esta iniciativa continuará tendo todo o apoio da prefeitura (de Suzano). É desta forma que preparamos o futuro”, observou Ashiuchi.

O Proerd é um programa de educação preventiva, que tem como objetivo evitar que crianças e jovens consumam entorpecentes, além de combater a evasão escolar e a criminalidade e preservar e valorizar a unidade familiar. Durante o curso, que é ministrado por policiais militares, os jovens aprendem e assimilam técnicas de fortalecimento da auto-estima, ao passo em que aprendem a identificar pontos fracos e potencialidades e a trabalhá-los rumo ao progresso pessoal. Aos alunos ainda são repassadas mensagens que os fazem evitar a pressão de colegas quanto ao uso de drogas e a desenvolverem vínculo de confiança com os adultos.

Fonte: SCS